15 FEV 2020

Santa Sé e China: prosseguir no caminho do diálogo

Monsenhor Gallagher e o ministro das Relações Exteriores da China se reuniram em Munique. Destacou-se a importância do Acordo Provisório sobre a nomeação dos Bispos e a vontade de prosseguir o diálogo para favorecer a vida da Igreja Católica e o bem do povo chinês.

Vatican News

Na sexta-feira (14/02), à margem da Conferência sobre Segurança em Munique, na Alemanha, realizou-se um encontro entre o secretário das Relações com os Estados da Santa Sé, mons. Paul Richard Gallagher, e o conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da República Popular Chinesa, Wang Yi. Há 70 anos, não se realizava um encontro oficial do gênero.


“No decorrer do colóquio, realizado num clima cordial – refere um comunicado da Secretaria de Estado – foram evocados os contatos entre as duas partes, que evoluíram positivamente no tempo. Em especial, evidenciou-se a importância do Acordo Provisório sobre a nomeação dos Bispos, assinado em 22 de setembro de 2018, renovando o desejo de prosseguir o diálogo institucional em nível bilateral para favorecer a vida da Igreja Católica e o bem do povo chinês. Expressou-se apreço pelos esforços que estão sendo realizados para debelar a epidemia de coronavírus e solidariedade à população atingida. Por fim, fez-se votos por uma maior cooperação internacional a fim de promover a convivência civil e a paz no mundo e houve uma troca de considerações sobre o diálogo intercultural e os direitos humanos.”

A propósito da epidemia de coronavírus, quarta-feira passada, ao final da Audiência Geral, o Papa Francisco expressou a sua proximidade ao povo da República Popular Chinesa, dirigindo “uma oração pelos nossos irmãos chineses que padecem esta doença tão cruel. Que encontrem o caminho da cura o mais rápido possível”, expressou o Pontífice. 


Assuntos


Compartilhe esta publicação
Nossas redes sociais
Top